Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

ansiedade generalizada 3 800x457 1 - Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

A ansiedade é um sentimento que faz parte do cotidiano do ser humano, com o qual os indivíduos convivem ao longo da vida. No entanto, você sabia que a crise de ansiedade generalizada é um distúrbio que pode afetar o dia a dia das pessoas? (Ansiedade Generalizada o que é e como tratar)

Trata-se de um transtorno que pode impactar a sua rotina, seu trabalho e relacionamentos.

Existem diversos problemas que o ser humano enfrenta que são relacionados à ansiedade: síndrome do pânico, fobias sociais, TOC e transtorno de estresse pós-traumático são alguns exemplos. Neste artigo, no entanto, vamos nos concentrar na crise de ansiedade generalizada.

Ter acesso a informações sobre este transtorno é importante para saber identificar quando algo não vai bem e entender como se cuidar. Vale pontuar que a consulta com um psicólogo é essencial para o diagnóstico adequado. Portanto, caso suspeite que está sofrendo com excesso de ansiedade, procure por um profissional especializado.

Anúncios
AD MEDITAÇÃO - Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

Continue a leitura para se informar e aprender mais sobre este distúrbio de ansiedade!

O que é crise de ansiedade generalizada?

Também conhecido como TAG, o transtorno de ansiedade generalizada é um distúrbio que se caracteriza pela preocupação excessiva em relação a diversos problemas e atividades do dia a dia.

Trata-se de um transtorno comum que faz com que a pessoa se sinta o tempo todo angustiada e tenha extrema dificuldade para controlar estes sentimentos.

COMO SUPERAR A ANSIEDADE - Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

A preocupação constante pode ser sobre diversos assuntos: família, dinheiro, trabalho, relacionamentos amorosos, segurança. Além disso, é muito mais intensa do que deveria e muitas vezes não condiz com a realidade, ou seja, não há motivos óbvios para ficar tão ansioso.

A crise de ansiedade generalizada afeta adultos, mas as mulheres têm o dobro de probabilidade de sofrer do transtorno que inclusive pode já começar a despertar sintomas na infância ou adolescência.

Como saber se você sofre com a crise de ansiedade generalizada?

Para algumas pessoas pode ser bem difícil identificar se a ansiedade com a qual convivem é saudável, ou seja, de acordo com os padrões normais ou se ela já se agravou para uma crise de ansiedade generalizada.

Lembre-se de que sempre é importante procurar um diagnóstico médico, mas para detectar se algo não vai bem com você, comece se fazendo as seguintes perguntas:

  • Você se sente preocupado e angustiado excessivamente durante a maior parte do seu dia?
  • Sente que a ansiedade te atrapalha no trabalho?
  • Que a ansiedade afeta os seus relacionamentos?
  • Se sente exausto por conta da ansiedade que domina seus dias?

Se você respondeu “sim” para a maioria destas perguntas, então talvez seja a hora de procurar auxílio psicológico. Somente um profissional especializado poderá realizar um diagnóstico adequado.

Por fim, vale pontuar que a ansiedade saudável com a qual todos os indivíduos convivem em alguns momentos da vida, não é incontrolável. A pessoa consegue identificar o que está sentindo e trabalhar o problema. Por outro lado, o transtorno de ansiedade generalizada foge do controle da pessoa.

Quais são as causas da crise de ansiedade generalizada?

Infelizmente, as causas exatas do transtorno de ansiedade generalizada não são totalmente conhecidas. Existem, no entanto, alguns fatores que podem contribuir para o desenvolvimento do distúrbio. Confira alguns deles em seguida!

Genética

Caso a sua família conte com casos de transtorno de ansiedade generalizada a probabilidade de desenvolver o distúrbio é maior. Portanto, fatores hereditários devem ser levados em conta. Isso não significa que só porque seus familiares tiveram o transtorno você terá também. A genética é apenas um dos pontos que pode contribuir para o surgimento do problema.

Gênero

A maioria dos casos de transtorno de ansiedade generalizada ocorre em mulheres. Os especialistas acreditam que uma combinação de fatores como mudanças hormonais e estresse possam ser responsáveis por esta diferença entre homens e mulheres.

Traumas na infância

Outro fator de risco são os traumas na infância, que podem contribuir para o desenvolvimento de crises de ansiedade generalizadas. Portanto, uma criança que presenciou ou sofreu algum tipo de trauma tem maior probabilidade de sofrer com o transtorno.

Excesso de consumo de substâncias

O uso excessivo de drogas ou álcool também pode contribuir para o desenvolvimento de transtornos relacionados à ansiedade. Assim como a nicotina do cigarro e a cafeína.

Problemas externos

Diversos fatores ambientais podem afetar a vida de uma pessoa e fazer com que os níveis de estresse, angústia e ansiedade sejam elevados.

Problemas financeiros, desemprego, crise econômica no país, problemas de saúde, perda de um ente querido e divórcio são alguns dos exemplos de situações que podem contribuir para o surgimento de crises de ansiedade generalizadas.

Nestes casos, pode ser importante buscar auxílio psicológico, afinal, não é fácil enfrentar momentos de crise. Um psicólogo pode ajudar o indivíduo a reconhecer e lidar com as suas emoções, não se deixando levar completamente pela ansiedade.

Quais são os sintomas da crise de ansiedade generalizada e como tratar?

O principal sintoma da crise de ansiedade generalizada é a preocupação excessiva com diversas esferas da vida. Quem tem o distúrbio passa praticamente o tempo todo ansioso, angustiado e preocupado em proporções exorbitantes. Na realidade, há pouco ou nenhum motivo para se preocupar e a pessoa continua remoendo todos os problemas que cria em sua cabeça.

Outro ponto é que quem sofre do distúrbio têm muita dificuldade para controlar a ansiedade e a preocupação que estão sentindo (mesmo quando se dão conta de que a tudo aquilo está ultrapassando os limites).

Além disso, os demais sintomas físicos e psicológicos que podem afetar uma pessoa que convive com o transtorno de ansiedade generalizada são:

  • Dificuldade para se concentrar;
  • Cansaço;
  • Inquietação;
  • Alterações de sono;
  • Irritabilidade;
  • Tensão muscular;
  • Problemas gastrointestinais;
  • Náuseas.

Como funciona o diagnóstico do transtorno de ansiedade generalizada?

Lembre-se de que caso você perceba que a ansiedade tem dominado os seus dias e atrapalhado a sua vida, é preciso consultar um médico para entender a gravidade do seu quadro.

A avaliação do médico em relação ao caso de cada pessoa irá analisar alguns fatores. Por mais que não existam testes de laboratório que sejam capazes de diagnosticar transtornos de ansiedade, o médico pode realizar alguns testes com o objetivo de descartar a possibilidade de algumas doenças físicas que podem causar os sintomas.

O transtorno de ansiedade generalizada é caracterizado pela preocupação excessiva fora da realidade por mais de seis meses, portanto, o médico precisará entender o histórico do paciente. Perguntas sobre a intensidade e a duração dos sintomas irão conduzir o diagnóstico. Além disso, o médico também deve entender quais outros sintomas estão presentes e como a ansiedade tem afetado o dia a dia do paciente.

No geral, portanto, a preocupação e ansiedade excessivas devem estar presentes por mais de seis meses e impactarem diversas esferas da vida da pessoa. Além disso, o indivíduo deve apresentar três ou mais sintomas como cansaço, alterações de sono, tensões musculares, inquietação e dificuldade para se concentrar.

Ansiedade Generalizada o que é? e como tratar.

Cada pessoa tem um quadro do distúrbio que precisa ser analisado para que o tratamento adequado seja aplicado. A recuperação varia muito conforme o nível de gravidade, mas boa parte dos pacientes melhora com um tratamento que combina medicação e psicoterapia.

Psicoterapia

É altamente recomendado que pessoas que sofrem com transtorno de ansiedade generalizada busquem auxílio psicológico para tratar a doença. Por meio das sessões de psicoterapia, o indivíduo poderá vivenciar um processo de autoconhecimento e aprender a lidar com as suas emoções.

O psicólogo é um profissional especializado na escuta qualificada, ou seja, ele não atua como um conselheiro. Diferente de seus amigos e parentes, o psicólogo irá conduzir as sessões para que você reflita sobre seus padrões de comportamento, gatilhos emocionais e aprenda a lidar com a ansiedade e a preocupação de uma maneira saudável.

Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

Medicamentos

Outra parte do tratamento para a crise de ansiedade generalizada são os medicamentos. Lembre-se, no entanto, que deve seguir as recomendações médicas e de maneira alguma se medicar por conta própria.

Os antidepressivos inibidores de recaptação de serotonina seletivos e os inibiores de recaptação de serotonina-noradrenalina são muito eficazes no tratamento de transtornos de ansiedade generalizadas. Estes medicamentos costumam demorar algumas semanas para começar a fazer efeito.

Junto dos antidepressivos, portanto, o paciente pode tomar também um benzodiazepínico, pois ajudam a melhorar a ansiedade de maneira mais imediata.

Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

Como diminuir os níveis de ansiedade no dia a dia?

Por mais que não seja possível prevenir totalmente a crise de ansiedade generalizada, existem algumas ações que você pode incluir no seu dia a dia para torná-lo mais leve e saudável. Dessa forma, você estará cuidando do seu corpo e mente para evitar desenvolver a doença ou se prevenir de novas crises.

Confira, abaixo, algumas dessas atividades!

Técnicas de respiração

Quando ficamos ansiosos ou muito estressados, a respiração fica mais curta, rasa e ofegante. Dessa forma, a pessoa entra em um ciclo vicioso e vai ficando ainda mais nervosa.

Focar na respiração é importante não somente nos momentos de intensa ansiedade, pois ela está conectada com o nosso lado emocional. Portanto, ao controlar o ar que entra e sai, você acalma o corpo e a mente e tem mais qualidade de vida.

Além disso, ao trabalhar a sua respiração da maneira adequada você foca no momento presente e se desprende um pouco das preocupações excessivas.

A respiração é uma ferramenta poderosa. Usufrua dela da maneira correta no seu dia a dia e você logo notará a diferença.

Confira, em seguida, algumas dicas de técnicas de respiração!

Respiração quadrada

Na técnica de respiração quadrada você irá inspirar, expirar e fazer uma pausa entre cada uma destas ações. Lembre-se de que todos os passos devem ser realizados com uma mesma duração. Basicamente, funciona assim:

  • Inspire enquanto você conta até três;
  • Segure o ar nos pulmões também enquanto conta até três;
  • Solte o ar contando até três;
  • Mantenha-se sem ar enquanto conta até três.

Vale pontuar que você pode aumentar a quantidade de tempo o sempre manter a contagem até três.

Respiração alongada

A respiração alongada é parecida com a quadrada, porém, você deve dobrar o tempo em que solta o ar, ou seja, inspire em três tempos e expire em seis.

Respiração alternando as narinas

Outra técnica simples de implementar no dia a dia para acalmar o corpo e a mente é respirar cada vez por meio de uma narina. Inspire por uma narina enquanto tampa a outra com uma das mãos. Você deve expirar pela narina que foi tampada. Em seguida, a narina que soltou o ar deve puxá-lo, ou seja, vá alternando a ordem.

Meditação

Sabia que entre 2012 e 2017 triplico nos Estados Unidos o número de adultos que praticam meditação? É o que revelou a Pesquisa Nacional de Saúde dos EUA. Com cada vez mais adeptos, a meditação vem conquistando pessoas do mundo todo.

Muita gente ainda acha que meditar significa não pensar em nada. Na verdade, significa não se apegar aos pensamentos. Conforme eles forem chegando, você simplesmente permite que se vão e não fica remoendo. Para quem sofre com a ansiedade e a preocupação excessivas, é uma ótima maneira de se desligar e focar no momento presente.

A meditação diminui o estresse e ansiedade, melhora a função imunológica, ajuda na qualidade do sono etc.

Yoga

O yoga é uma prática milenar que tem inúmeros benefícios tanto para o corpo como para a mente. Ao mesmo tempo que promove o condicionamento físico e alivia dores corporais, também é responsável por diminuir o estresse e a ansiedade.

Isso porque além das posições de força, flexibilidade e equilíbrio, o yoga exige que a pessoa se concentre nos movimentos e esteja focada no momento presente. Ao longo da prática também podem ser realizadas técnicas de respiração e meditações. (Ansiedade Generalizada o que é e como tratar(

Atividades prazerosas

Uma ótima maneira de aliviar o estresse e ansiedade durante o dia a dia é realizando atividades que são prazerosas. Cozinhar, dançar, escrever, pintar, tocar um instrumento musical! Estes são alguns exemplos hobbies que você pode cultivar para desligar a mente durante os momentos de lazer.

Equilíbrio entre vida pessoal e profissional

Uma das grandes fontes de estresse pode ser o trabalho que em casos mais graves pode desencadear problemas sérios como o burnout. No Brasil, já são mais de 20 milhões de pessoas convivendo com a síndrome. E tudo isso está relacionado à crise de ansiedade generalizada.

PEGUE SEU LIVRO DIGITAL GRÁTIS - Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

É importante tomar cuidado com a carga excessiva de trabalho e encontrar um equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Para isso, estabeleça alguns limites e evite trabalhar muitas horas extras quando não for extremamente necessário. Delimite o seu tempo para trabalhar e para descansar.

Acupuntura

Sabia que a acupuntura é uma terapia alternativa que tem diversos benefícios para a saúde mental e física? Pode ser uma ótima maneira de controlar o estresse, ansiedade e depressão. Além disso, também é benéfico para cuidar do seu sono e aliviar dores físicas em determinadas partes do corpo.

Atividades físicas

Já é comprovado por inúmeros estudos que praticar atividades físicas é importante para a saúde mental e física das pessoas. Isso porque realizar exercícios estimula a produção de serotonina, substância que é responsável pelo prazer e bem-estar.

Existem várias maneiras de se exercitar: caminhadas, natação, zumba, futebol etc. Com certeza há algo que você gosta de fazer! Inclua os exercícios no seu dia a dia e logo começará a sentir os benefícios.

Ansiedade Generalizada o que é? e como tratar…

Por que procurar ajuda?

É muito comum que as pessoas tenham vergonha de procurar auxílio psicológico para tratar a crise de ansiedade generalizada. Em alguns casos, por conta da falta de informação sobre assunto, as pessoas nem se dão conta de que existe tratamento para este problema.

Afinal, quantas pessoas você conhece que costumam falar: “Sou muito ansioso!”.

No entanto, quantas delas realmente já pararam para pensar se o problema que estão enfrentando se enquadra em uma situação de ansiedade saudável ou se estão sofrendo de transtorno de ansiedade generalizada?

Caso você esteja passando por dificuldades em relação à ansiedade  ou conheça alguém que sofra deste mal, não deixe de procurar ajuda! É importante reconhecer o problema o quanto antes para tratar e voltar a ter qualidade de vida.

A nossa missão é democratizar o acesso à psicoterapia. Conectamos psicólogos e pacientes para que possam realizar sessões presenciais ou online. Vale lembrar que as sessões online costumam ter um valor mais acessível e evitam que você precise se deslocar.

Ansiedade Generalizada o que é e como tratar

2 comentários em “Ansiedade Generalizada o que é e como tratar”

  1. Pingback: Agorafobia: conheça o transtorno associado a ataques de pânico | ansiedadefora.com.br

  2. Pingback: Ansiedade: conheça 13 sintomas que merecem sua atenção

Deixe uma resposta